I&DT, incentivos ao desenvolvimento de novos Produtos e Processos

Despesas elegíveis

  • Custos com pessoal técnico (Vencimento base + custos com segurança social)

  • Instrumentos, equipamento técnico e científico

  • Consumíveis, matérias-primas e componentes

  • Hardware e Software específico

  • Participação em certames e conferências no estrangeiro

  • Viagens e estadas

  • Certificação do Sistema de Gestão da Investigação, Desenvolvimento e Inovação

  • Custos indiretos (eletricidade, gás, comunicações, rendas).

Apoio e incentivo

  • 25% (taxa base)

  • +25 p.p. (para as despesas que se enquadrem como investigação)

  • +10 p.p. (majoração se empresa de dimensão média)

  • + 15 p.p. (majoração cooperação com empresas / entidades I&I).

 

A taxa de apoio máxima é de:

  • 75% para as regiões Norte, Centro e Alentejo

  • 50% para Lisboa

  • 62% para o Algarve.

Como se processa uma candidatura?

A tramitação de uma candidatura prossegue os seguintes passos:

  • Elaboração do mapa de investimentos (orçamentos)

  • Elaboração do plano de negócios (memória descritiva, balanços e demonstrações de resultados previsionais)

  • Preenchimento e submissão de candidatura

  • Avaliação pela Organismo Intermédio (IAPMEI, AICEP ou Turismo de Portugal)

  • Decisão sobre a candidatura

  • Assinatura do contrato de incentivos

  • Pedidos de pagamento de incentivo (ao longo da execução do projeto)

  • Pedido de pagamento Final

  • Visita técnica à Empresa

  • Encerramento do Projeto.

Rua Faria Guimarães, nº 69 - 4000-206 Porto

Tel  224 054 900 | Fax 224 054 901 | mail@consultingcast.pt

  

Siga-nos:

  • Facebook Limpa
  • YouTube

Todos os direitos reservados www.consultingcast.pt - 2021