Reestruturação / Recuperação de Empresas


Primeiros Passos para Recuperar da Crise Financeira criada pelo Covid 19


Reestruturação significa reorganizar, criar novas políticas, avaliar as práticas existentes e adotar novos procedimentos, além de considerar o desempenho dos profissionais, efetuar uma análise ao mercado em que atua e avaliar o desempenho económico financeiro da empresa.


1. Reorganize-se


Ser empreendedor nos tempos que correm exige novas perspectivas diante de certos pontos de seu negócio. Por isso é importante analisar e entender:

  1. A crise económica Nacional e Mundial;

  2. As incertezas face ao futuro, quando teremos solução para o COVID 19;

  3. O mercado e a nova realidade Covid 19

  4. As mudanças de hábitos e comportamentos dos consumidores

  5. O medo, a retração e a nova "Normalidade"

  6. A situação de sua empresa para organizar-se novamente.

O maior foco da reformulação deve ser financeiro, face há violenta quebra de receitas da generalidade das empresas, mas também refazer o fluxo de trabalho e verificar quais são os cargos que precisam ser ocupados, bem como se são necessários novos cargos ou funções. Temos que nos Reinventar Reorganizar e Adaptar à nova Realidade. 


2. Separe as dívidas


Reestruturação significa reorganizar, criar novas políticas, avaliar as práticas existentes e adotar novos procedimentos, além de considerar o desempenho dos profissionais, efetuar uma análise ao mercado em que atua e avaliar o desempenho económico financeiro da empresa. É provável que, a recessão provocada pelo Covid, tenham originado novas dívidas e incapacidade de pagar dividas anteriores (antigas). A empresa deve estudar qual a melhor forma de liquidar o passivo (reestruturação). É um novo tempo para a sua empresa, e separar o que já passou do que está por vir é essencial para controlar a saúde financeira de seu negócio.


3. Mantenha os pés no chão


Durante uma reestruturação de empresas é crucial compreender que nenhum sucesso é razão para exageros. Todos queremos, é claro, que após certo tempo o negócio volte a crescer, mas este processo pede cautela. É possível manter seu negócio lucrativo durante a crise. Aproveite os ganhos para fazer uma reserva ou pagar dívidas antigas. Não pense muito grande ainda, pelo menos até que tudo esteja em seu devido lugar novamente.



4. Tenha em mente a possibilidade de decisões extremas


É possível que o plano de reestruturação não funcione, quer por fatores internos à empresa quer por fatores externos.

Nesse caso, se não houver progresso, talvez fechar temporariamente o negócio possa ser a melhor opção.

Não entenda isso como um “adeus”, mas sim como um tempo para “arrumar a casa” ou "esperar que a tempestade passe". Não podemos é criar um "mostro" que nos leve toda a nossa capacidade financeira e sanidade mental para voltarmos a reerguer. Com mais tempo para as questões que devem ser solucionadas, maior a probabilidade de vencer. Por vezes temos de dar um passo atrás para dar dois à frente. O sucesso virá, temos de acreditar!




Rua Faria Guimarães, nº 69 - 4000-206 Porto

Tel  224 054 900 | Fax 224 054 901 | mail@consultingcast.pt

  

Siga-nos:

  • Facebook Limpa
  • YouTube

Todos os direitos reservados www.consultingcast.pt - 2020