Incentivos à compra de carros elétricos e bicicletas


De acordo com a proposta de Orçamento do Estado para 2022, o Governo vai manter no próximo ano os incentivos à compra de veículos de baixas emissões, 100% elétricos e híbridos, financiados pelo Fundo Ambiental. Por definir está ainda a verba a alocar a estes apoios, que será inscrita num despacho futuro do ministro do Ambiente e da Ação Climática. De acordo com o documento, o incentivo a dar abrange também motociclos de duas rodas e velocípedes, convencionais ou elétricos, e a ciclomotores elétricos que possuam homologação europeia e estejam sujeitos a atribuição de matrícula. O apoio estende-se às bicicletas de carga. A proposta do OE para 2022, estabelece ainda que o incentivo à mobilidade elétrica deve privilegiar os territórios de baixa densidade. Os particulares podem receber uma comparticipação de €3.000, através do Fundo Ambiental, para a compra de carros elétricos, desde que o custo total de aquisição não ultrapasse os €62.500. Já as empresas podem obter quatro incentivos com um valor de €2.000 para ligeiros de mercadorias No caso dos motociclos e bicicletas elétricas, o apoio é equivalente a 50% do valor de aquisição, até um máximo de €350, com as empresas a terem direito a quatro incentivos. Os beneficiários do incentivo ficam obrigados a manter os veículos por um período mínimo de 24 meses e impedidos de os exportar.