O governo vai criar uma linha de 2 mil milhões de euros para os seguros de crédito



Foi criada uma linha de 2 mil milhões de euros para responder à necessidades das empresas que precisam de seguros de crédito quer para exportar quer para fazer transações no mercado nacional. Uma situação que a não haver solução colocaria as empresas portugueses numa enorme desvantagem face ás suas concorrentes europeias que já contam com este tipo de apoios.


Em linha com o que está a ser desenvolvido por alguns países europeus e dentro da flexibilização introduzida pela Comissão Europeia