Moratória de 6 meses para famílias e empresas


O Governo aprovou uma moratória de seis meses no crédito para famílias, empresas, IPSS, Associações, penalizadas pela crise provocada pela covid-19.

"Foi aprovado um decreto-lei que estabelece medidas excecionais de apoio e proteção de famílias, empresas e demais entidades da economia social, para assegurar o reforço da sua tesouraria e liquidez, atenuando os efeitos da redução da atividade económica", refere o Governo.

Nesse sentido, "uma vez que o sistema financeiro tem um especial dever de participação neste esforço conjunto pela sua função essencial de financiamento da economia, é aprovada uma moratória de 6 meses, até 30 de setembro de 2020, que prevê:

  • a proibição da revogação das linhas de crédito contratadas,

  • a prorrogação ou suspensão dos créditos até fim deste período, de forma a garantir a continuidade do financiamento às famílias e empresas e a prevenir eventuais incumprimento